Primeiro é importante referir que à data que escrevo este artigo avizinha-se um fim-de-semana prolongado, com direito a feriado à sexta-feira. Aproxima-se a Páscoa. A esta altura, ainda vivemos um período de quarentena, devido à pandemia do Covid-19. Assim, decidi escrever um artigo onde sugiro actividades em casa para toda a família se divertir em conjunto.

Actividades em casa para toda a família + blogue português de sustentabilidade e combate ao desperdício + Terra Chama Telma + Telma Henriques Ribeiro

Actividades em casa para toda a família

Ler um livro

Em primeiro lugar a minha actividade preferida. Recomendo que leiam um livro que tenha a ver convosco. Não acredito em pessoas que não gostam de ler, apenas que ainda não tenham encontrado estilo de livro certo para si. Neste contexto, não posso deixar de recomendar livros onde aprendam as bases da sustentabilidade na prática, tal como o livro da Ana Milhazes Vida Lixo Zero ou o Maria Granel Desafio Zero.

Assistir a um filme ou série

Em segundo lugar, acho que está, de todas as recomendações, aquela que é mais concretizada nos fins-de-semana em família – o reunir-se em torno da televisão. Recomendo por exemplo os filmes que ensinam sustentabilidade a miúdos e graúdos.

Pizza com base de Batata Doce + molho de tomate + receita + blogue português + sustentabilidade + combate ao desperdício + terra chama telma + Telma Henriques

Cozinhar receitas sem desperdício

As melhores memórias que temos das festividades em família, normalmente são passadas na cozinha com toda a família. Neste sentido, se vocês não sabem o que cozinhar, sigam as sugestões das receitas que vou partilhando aqui no blogue.

Fazer um projecto “faça você mesmo”

Em adição sugiro que procurem na internet diy’s para objectos que tenham em casa para reutilizar e ponham a imaginação em acção. Vai ser muito giro ver o que cada um vai criar. Por exemplo, com os meus já fiz vasos, bijuterias, quadros, etc.

Cantar Karaoke

Por outro lado, além do que já sugeri, podem colocar na televisão, computador ou nos telemóveis as músicas várias que há de karaoke no youtube e divertir-se muito em família. Afinal, podem até descobrir um talento!

Actividades em casa para toda a família + blogue português de sustentabilidade e combate ao desperdício + Terra Chama Telma + Telma Henriques Ribeiro

Jogos para toda a família:

  • Jogos de tabuleiro

    Por exemplo: monopólio, cluedo, quem é quem?, damas, party and co, pictionary, trivial pursuit, Bingo, Scrable.

  • Puzzles

    Montar um puzzle pode ser muito relaxante ou muito desgastante, depende do grau de dificuldade e da paciência dos jogadores. Eu não gosto nada, por exemplo.

  • Jogo descobre a personagem

    A seguir sugiro um jogo muito engraçado de jogar. Cada um escreve um nome de uma personagem da categoria escolhida (por exemplo filmes de animação) num papel e dá-o à pessoa do lado esquerdo virado para baixo. Quando se recebe o papel coloca-se na testa até que seja descoberto qual o seu personagem. Neste sentido, para descobrir, cada pessoa tem direito a fazer uma pergunta que só pode ter como resposta um sim ou um não. Caso não acerte o palpite perde, enquanto que o primeiro a acertar ganha.

  • Uno

    Um jogo que é tão propício a zangas como os monopólios, por isso há que ter cuidado com os maus perdedores…

  • Jogos de cartas

    Existem inúmeros jogos para toda a família, como é o caso do famoso jogo do peixinho. Começa-se com 4 cartas a cada jogador e vai-se pedindo uma carta à escolha até fazer o peixinho com as 4 cartas iguais, retirando do baralho caso ninguém tenha essa carta para dar. Ganha quem tiver mais peixinhos. Este jogo é um exemplo. No entanto, os restantes jogos de cartas que sei não têm nomes próprios para aqui serem divulgados. Mas sintam-se à vontade de sugerir jogos nos comentários.

  • Dominó

    Este é o jogo eleito pela terceira idade nos parques de qualquer localidade, mas também é fácil e giro de jogar, pelo que serve para toda a família. Pelo menos em casa dos avós ou das pessoas com mais idade costuma haver sempre um jogo de dominó. Mas nós gostamos muito de jogar cá em casa e achamos que toda a gente devia jogar também. Joga-se com peças com números a formar a linha de dominó que vai aumentando colocando uma peça que tenha o mesmo número no jogo. Ganha quem ficar sem peças.

  • Mikado

    Em adição a alguns jogos já sugeridos, o mikado é um jogo de paciência. Lançam-se os pauzinhos de mikado e depois devemos ir retirando cada pauzinho sem mexer os restantes. Ganha quem, no final, tiver mais pauzinhos de mikado.

  • Jogo do galo

    Podem inclusivamente criar um jogo reutilizável com tecido e botões ou reciclando plástico ou papel, consoante o que tiverem em casa. Basta fazerem um quadro de 9 quadrados e cada um vai colocando x e 0 até que um forme uma linha que o faz ganhar.

  • Jogo do stop

    Um jogo onde um elemento vai pensando o abecedário começando no A e seguindo a caminho do Z até que outro elemento diga “stop”. A seguir todos jogam com palavras que iniciem com essa letra em cada categoria escolhida, tendo montando um quadro de categorias previamente. Joguei tanto em tantas ocasiões da minha vida…

  • Jogo da forca

    Por fim, uma sugestão que foi pensada a partir de algo nada bom – quem raio se foi lembrar disto?! – mas que é um jogo quase histórico. Uma pessoa pensa numa palavra e escreve os espaços das letras, enquanto os outros tentam adivinhar as letras que poderão constar na palavra. Quando se erra começa-se a desenhar uma parte do corpo na forca, que quando estiver completo dita que perderam. Se alguém acertar, salvou da forca e ganhou!

 

       Em suma, resta-me dizer que estas actividades em casa para toda a família, também podem ser boas quando houver possibilidade de juntar amigos numa festa caseira, por exemplo. Neste sentido, ficam as minhas sugestões, mas sintam-se à vontade de deixar outras nos comentários a este artigo.

Terra Chama Telma + blogue português sobre sustentabilidade e combate ao desperdício

Se gostaste do artigo, segue as redes sociais: facebook e instagram.
E claro, caso queiras ler mais, então não te esqueças de partilhar o artigo e/ou comentar com a tua opinião.
Recomendo que leias também: