Se ainda não sabes como substituir a película aderente/ papel filme ou a prata, então hoje venho apresentar um saco reutilizável que os pode substituir em diversas funções, servindo indubitavelmente para substituir os sacos de plástico descartáveis para congelação. São muito fáceis de usar e duram uma vida. Se são caros? Adianto já que sim. Mas são também um óptimo investimento para o futuro e para o meio ambiente. Cá em casa fomos comprando aos poucos e já temos uns quantos para colocar a carne que o Pedro ainda come ou o peixe que compramos inteiro (porque fica mais barato e porque assim aproveitamos tudo da cabeça à cauda). Querem então saber mais? Conto-vos então os Usos dos sacos reutilizáveis (stacher bags).

 

Usos-dos-sacos-reutilizaveis-stacher-bags-blogue-portugues-de-sustentabilidade-Terra-Chama-Telma-Telma-Henriques-Ribeiro

Usos dos sacos reutilizáveis (stacher bags)

       O stacher bag é nada mais, nada menos que um saco reutilizável que serve como alternativa aos sacos descartáveis. Assim, permite a substituição do plástico de uso único, da película aderente e do papel prata em inúmeras situações, tais como para congelar comida separadamente; levar uma sandes ou a fatia de bolo para o lanche, por exemplo. Para mim este é o saco mais útil que existe, pois dá para me safar em diferentes situações, pelo que dá jeito tê-lo em diferentes tamanhos, consoante o uso que lhe pretendermos dar.

       Por exemplo, para terem uma ideia, cá em casa usamos para fazer compras a granel; congelar carne, peixe ou legumes já cortados e prontos a utilizar. Por outro lado, também gostamos de fazer os nossos piqueniques, pelo que também o usamos para esse efeito, ou mesmo só para levar um lanche na mala para comer na pausa do trabalho ou entre qualquer tarefa que tenhamos a fazer fora de casa que dure algum tempo. No entanto, apesar de “só” usarmos para isto, também servem para cozinhar em banho-maria ou para levar ao microondas, o que eu ainda não testei.

 

O que é um stacher bag?

       É um saco composto por silicone que serve para os mais diversos usos e que pode ter diferentes capacidades consoante o uso que lhe quisermos dar.

Usos-dos-sacos-reutilizaveis-stacher-bags-blogue-portugues-de-sustentabilidade-Terra-Chama-Telma-Telma-Henriques-Ribeiro

Como usar?

       Colocam-se os ingredientes que se queiram guardar e aperta-se o saco de modo a remover o ar do seu interior e fecha-se. A seguir, para lavar poderá ser à mão (com água morna) ou na máquina de lavar loiça e deixar secar bem no estendal antes de se voltar a guardar. Pode-se usar para armazenar ingredientes secos (tais como cereais, frutos secos, arroz, massa, legumes, fruta, chá ou café), mas também se podem usar para líquidos (como por exemplo sopa, molhos ou caldos). Por outro lado, também se pode usar para descongelar ou cozinhar no microondas, devendo deixar o saco aberto. Em adição, podem ainda levar o saco ao forno em banho-maria, só que neste caso o saco deve permanecer fechado e a temperatura não deve exceder os 200ºC. Por último, mas não menos importante, também se pode usar para armazenar comida no frigorífico ou no congelador.

 

Benefícios:
  • Leve para transportar;
  • Lava-se à mão ou na máquina;
  • Sem plástico – é composto por silicone;
  • Multiusos (armazena, congela, cozinha);
  • Fecho fácil (mantém os ingredientes sob vácuo);
  • Respeita os padrões da FDA e da UE para produtos em contacto com alimentos;
  • Livre de substâncias tóxicas (ex: BPA, Ftalatos, PVC/ látex, petróleo, etc).

 

Usos-dos-sacos-reutilizaveis-stacher-bags-blogue-portugues-de-sustentabilidade-Terra-Chama-Telma-Telma-Henriques-Ribeiro

       “Mas Telma, eu tenho uma vida muito atarefada, eu quero é produtos fáceis de usar e que me permitam optimizar o tempo e os sacos de plástico é só pegar e deitar fora”, pensam alguns de vocês. Eu compreendo que possa parecer que vão perder tempo a tratar dos sacos, mas na realidade é mesmo só colocá-los na máquina a lavar ou passar só por água (consoante o que tiverem lá guardado) e estender no estendal ao sol para secar bem e voltar a guardar para novo uso. Quase não dão por ele, a não ser quando vos fizer muito jeito usar. Para mim, são sem dúvida uma mais valia a ter-se em casa e a única desvantagem que encontro é o seu preço, se bem que duram muito tempo, pelo que acaba por compensar.

 

Terra Chama Telma + blogue português sobre sustentabilidade e combate ao desperdício

Se gostaste do artigo, segue as redes sociais: facebook e instagram.
E claro, caso queiras ler mais, então não te esqueças de partilhar o artigo e/ou comentar com a tua opinião.
Recomendo que leias também: